Postado por Adriana Gomes em 21 de março de 2014 | Mudança de Carreira

Erros que cometemos na hora de mudar de carreira

Quando você decide que chegou a hora de mudar de carreira, precisa tomar cuidado com alguns erros

Você está pensando, ou já parou para pensar em mudar de carreira? Você está entediado, perdido ou infeliz de alguma forma com a sua careira atual?

Percebe que esta diante de uma encruzilhada em que precisa decidir entre ficar em sua seu area atual ou se deve mudar para um nova? Você possui habilidades que não estao sendo utilizadas?  Foi promovido mas não está fazendo o que gosta?

Mudar de carreira esta entre as decisões importantes e quevimpactam a vida das pessoas.

Antes de sair buscando um nova área de atuação em sua carreira, veja se não está cometendo alguns erros sem saber. Eles são comuns e é possível evita-los enquanto faz uma transição segura.

Mudar sem ter um plano

Provavelmente o maior erro que você pode cometer é tentar mudar de carreira sem planejamento.

A mudança de carreira bem sucedida, muitas vezes pode levar meses para ser realizada quando você tem uma estratégia. Por isso, sem um plano, você pode ficar muito tempo à deriva.

Ter um plano de ação detalhado (incluindo itens como estratégias, finanças, pesquisa e educação) é essencial para o seu sucesso. Sem ele você pode aceitar a primeira oferta de emprego que aparecer, independentemente dela ser boa para você ou não.

Não mude antes de ter um plano minucioso sobre a sua mudança de carreira.

Mudar de carreira porque odeia seu trabalho

Não cometa o erro de confundir o ódio do seu trabalho atual com o ódio pela sua escolha profissional.

Aproveite o tempo para pensar se o que te incomoda é apenas o seu trabalho, chefe, rotina, cobranças e horário ou se é a sua carreira que está te incomodando em algum ponto.

O mesmo acontece se você estiver se sentindo entediado ou perdido com o seu trabalho: analise se é o seu trabalho, empregador ou sua carreira o problema. Seja qual for a sua conclusão, é importante que você não se desespere até que tenha um plano para o novo emprego ou carreira.

Mudar de carreira apenas por dinheiro

Certos cargos são muito atraentes por conta do salário e outros benefícios que oferecem, mas tenha muito cuidado ao mudar de carreira em função apenas do dinheiro.

Repita a si mesmo que o dinheiro não irá comprar a sua felicidade. Lembre-se que você pode fazer mais dinheiro, mas se você odeia a sua nova carreira, provavelmente vai gastar esse dinheiro com sua saúde.

Então não deixe que o dinheiro seja seu único motivador.

Mudar de carreira por pressão externa

Não deixe que seus pais, cônjuges, irmãos, amigos ou qualquer outra pessoa influencie a sua escolha de carreira.

Eles não terão de viver a sua jornada de trabalho diariamente. Se você ama o que faz e tem uma vida razoável, pode ser mais vantajoso.

Se você mudar de carreira apenas por pressão externa, apenas para ter uma carreira melhor e, em seguida você odiar a sua escolha, você pode acabar ficando ressentido com a pessoa que aconselhou a troca.

Não permita que a pressão das pessoas motive suas escolhas

Mudar de carreira sem examinar todas as possibilidades

Há muitas atividades profissionais que você pode desconhecer por que estão fora do seu radar de percepção.

Vale a pena pesquisar sobre carreiras diferentes e parar para realizar uma pesquisa minuciosa sobre as possibilidades. Converse com as pessoas de sua rede, leia blogs e revistas sobre carreira e empregos, encontre-se com um profissional de gestão de carreira e etc.

Quanto mais informações você tiver sobre suas opções, mais bem sucedida será a sua mudança.

Mudar de carreira com base no sucesso dos outros

É da natureza humana cair na armadilha de se comparar com outras pessoas. Não é porque o seu amigo, vizinho ou parente é bem sucedido em uma determinada atividade que você será bem sucedido também.

O autoconhecimento é a melhor alternativa para evitar esse tipo de cilada.

A mudança não deve ser repentina

Quando tomamos decisões impensadas, podemos nos arrepender em algum momento por não termos baseado essas decisões em uma análise aprofundada.

Não hesite em pensar ou em pedir ajuda a um profissional especializado em mudanças de carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *