Postado por Adriana Gomes em 25 de janeiro de 2017 | Mudança de Carreira

Dicas para mudança de carreira

A mudança de carreira ou trabalho está na sua lista de tarefas para 2017? Aqui estão algumas dicas para ajudar você

selo_amarelo
Ano começando e está no topo da lista de muita gente a questão do trabalho e da mudança de carreira. Todo começo de ano parece que temos a oportunidade para um recomeço.

O que fazer com a vida profissional está nessas reflexões.

Nossa coluna sempre visa ajudar os nossos ouvintes e leitores do site com dicas práticas para gestão e mudança de carreira, e hoje não será diferente.

Com a insatisfação profissional arrombando a porta todos os dias, muita gente pensa em fazer outra faculdade ou se especializar em outra área, o que é bem possível, mas exige planejamento.

Seja para aqueles que estão desempregados e querem dar um rumo novo para sua trajetória, ou mesmo para aqueles que estão empregados mas se sentem insatisfeitos com os rumos e querem fazer uma mudança de carreira, algumas reflexões são bem importantes:

  1. Autoconhecimento é uma delas. Sempre repito isso aqui. Por que? Porque quando a gente se conhece melhor, tem consciência das atividades e ou tarefas que gostam mais de fazer, sabe quais valores permeiam suas escolhas, de que maneira ou quais atividades faz com que você se sinta mais desafiados e motivados. Tudo isso ajuda, fundamentalmente, numa opção profissional mais adequada, mais satisfatória.
  1. O que gosta de fazer? Avalie, com objetividade, o que você gostava de fazer e o que não gostava de fazer nas experiências profissionais que já teve. Faça uma lista mesmo, escrita com detalhes sobre cada atividade que gostava de fazer e que não gostava de fazer e por que? Isso ajuda a evitar cair nas mesmas ciladas de empregos anteriores. A gente aprende com as experiências.
  • Outra graduação, especialização ou curso técnico? Todas essas opções podem ser válidas mas aí vai depender:
    • Dos seus planos futuros.
    • Da sua idade.
    • Da disponibilidade financeira.
    • Do tempo (período, possibilidade de conciliar com emprego, deslocamento).
    • Da sua energia física e disposição mental para ser estudante novamente.

Graduação pode levar de 2 a 5 anos, dependendo do curso com aulas todos os dias e algumas áreas com curso de tempo integral.

Especializações, podem ser mais rápidas, bons cursos tem carga horária de 360 horas com aulas 2 vezes por semana e cursos técnicos podem ser rápidos de uma semana a 3 meses, em média.

Importante pesquisar e avaliar o mercado em que se deseja ingressar, conversar com pessoas que já atuam na área.

Essas são algumas dicas importantes que você deve levar em consideração para mudar de carreira ou profissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *