Mentir no Currículo elimina 75% dos candidatos

Final de ano chegando e aumentam as vagas temporárias e a procura por profissionais para trabalhar no comércio varejista para atender o período das festas de fim de ano, quando as vendas tendem a aumentar.

Só a Randstad, multinacional de soluções em recursos humanos, está com mais de 3 mil vagas abertas em todo o país, 10% a mais do que em 2016 e, a maioria delas, para varejo comum e luxo, o que inclui lojas de vestuário, artigos esportivos, eletrônico, papelaria, eletrodomésticos e cosméticos.

 

Os estados de São Paulo e Rio de Janeiro representam mais de 50% desse valor, sendo que em São Paulo está com 35% do volume total. Esse aumento é reflexo de uma melhora na economia, que recebeu investimentos, o acesso da população ao FGTS inativo e, no segundo semestre, ao 13º salário.

 

Por isso, é importante elaborar um bom Currículo, MAS ATENÇÃO!!

Não se mente em currículo. Venho comentando sempre aqui na coluna sobre a importância da atualização para se manter competitivo. Mentira no currículo elimina 75% dos candidatos a emprego.

De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa de recrutamento Robert Half, três em cada quatro empresas já eliminaram candidatos porque encontraram mentiras no currículo.

Mentiras frequentes: experiência de trabalho, escolaridade, habilidades técnicas e idiomas. Essas são as mentiras mais comuns contadas por candidatos a uma vaga de emprego nos currículos.

Um currículo bem feito pode ser o passaporte para a entrevista de trabalho e o primeiro passo em direção ao novo emprego. Quando mal elaborado, a sina pode ser oposta a este cenário.

Muitas empresas utilizam o modelo de entrevista comportamental, que dificulta a vida daqueles que são mais fluentes verbalmente e que nem sempre tem tanto conteúdo, mas isso será  tema de outra coluna.

 

Adriana Gomes, Diretora do site www.vidaecarreira.com.br , autora do livro TÔ PERDIDO! Mudança e Gestão da Carreira, Colunista de Carreira na  Rádio Bandeirantes, Professora de Pós Graduação da ESPM

Uma resposta para “Mentir no Currículo elimina 75% dos candidatos”

  1. Alex disse:

    Muito bom. Além da falta de ética ao mentir, também tem a questão da facilidade com que as empresas podem identificar falsas informações. Nunca menti no currículo e frequentemente pude ser chamado para entrevistas de emprego. Mas é sempre bom salientar esse assunto, principalmente para as pessoas que estão ingressando agora no mercado de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *