Postado por Adriana Gomes em 6 de dezembro de 2018 | Gestão de Carreira / Motivação / Planejamento de carreira

Planejar Carreira e Plano de Ação para 2019

Adriana Gomes

Antes do apagar das luzes de 2018, antes de entrar no modo festas e férias, é importante fazer o plano de ação para 2019. A gestão da carreira é ato contínuo e planejar seus projetos e programas de autodesenvolvimento é fundamental.

Algumas dicas:

1. pesquise o mercado em que está atuando ou deseja atuar e faça uma comparação entre o que o mercado está exigindo, através das vagas de emprego divulgadas em sites e redes sociais e suas qualificações. As lacunas encontradas nessa comparação são os indicadores daquelas competências que você precisa se desenvolver. Procure cursos para fazer durante parte das suas férias. 2019 promete ser um ano com mais oportunidades, a previsão para o crescimento da economia brasileira em 2019 ampliou de 2,80% para 2,99%, segundo o Boletim Focus, do Banco Central. Esse crescimento impulsionrá o mercado de trabalho.

2. Falamos ao longo do nosso ano aqui na coluna, o quanto as competências comportamentais são diferenciadoras em processos seletivos. Fazer autoanálise sobre esses aspectos também te ajudará na identificação de cursos ou processos para te ajudar a desenvolver ou aprimora-las. Seja na comunicação interpessoal, seja em negociações, como falamos em várias ocasiões, na capacidade para solucionar problemas.

3. Lembrando que muito além das facilidades das redes sociais para agregar novos contatos, e a coleção de seguidores que muitos profissionais gostam de exibir nessas mesmas redes, apenas o volume de seguidores e curtidas não garante, exatamente relacionamento. Portanto, vale a pena ser honesto com você e cuidar realmente dos seus relacionamentos. Final de ano, pode ser uma boa oportunidade para escrever e entrar em contato com pessoas que fazem ou fizeram diferença na sua vida profissional e enviar uma mensagem personalizada, pessoal e sincera para quem foi e é importante na sua vida e carreira. Lembrando mais uma vez que as emoções ainda são privilégio dos humanos e por mais simpáticas que as máquinas possam ser, empatia e emoção ainda é prerrogativa humana.

4. Capacidade para autogestão também é sinal de maturidade profissional. Não precisa de ninguém te dizendo o que você precisa ou deve fazer. Defina ações com prazos para realização e certifique-se de cumpri-las. Reserve parte do seu tempo para ir a fóruns e congressos, nesses espaços, além de aprender e se atualizar, você ainda pode ampliar sua rede de contatos, o que é uma atitude sempre positiva quando se pensa em carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *