Postado por Adriana Gomes em 31 de maio de 2018 | Educação Executiva / Entrevista de Trabalho / Gestão de Carreira / Mercado de Trabalho

Por que eu devo ser contratado?

Adriana Gomes


Atuei como headhunter durante um bom tempo da minha vida profissional. Sempre que eu entrevistava um candidato, queria ter a certeza de que ele não serviria para a posição para a qual estava concorrendo.

Na entrevista de trabalho o profissional tem que ter consciência de que ele tem qualidades , conhecimentos e atitudes que farão diferença para quem está contratando. Algumas das perguntas que o candidato a vaga deve saber responder com segurança e que eu fazia com frequência eram as seguintes:

• Por que você deve ser contratado?
• O que a empresa ganha escolhendo você?

Muitas companhias (nem todas, é verdade) sabem o que estão buscando dos seus funcionários.
Mas tão importante quanto a empresa saber o que quer (quais são as qualificações e competências exigidas do profissional), é o candidato à vaga ter essa resposta –saber expressar de modo objetivo de que modo poderá ser útil.

É muito diferente escolher uma empresa para trabalhar do que ser escolhido para atuar em algum lugar.
A segunda opção nem sempre é a melhor. Pesquisar a empresa e conversar com pessoas que trabalham ou já trabalharam lá ajuda muito. Não fique preso aos estereótipos e à imagem institucional. Busque informações sobre o negócio, leia sobre o segmento e entenda as necessidades da área em que pretende atuar.

Na hora da entrevista, saber valorizar as suas melhores qualificações e ressaltar resultados obtidos em empregos anteriores pode significar que você é capaz de fazer o mesmo no novo cargo.

Na entrevista, faça perguntas para explorar as dificuldades e problemas que a companhia possa estar enfrentando –geralmente, eles não são muito diferentes dos outros locais por onde você passou. Saber identificá-los pode colocá-lo em vantagem. Isso exigirá boa capacidade de análise e de síntese para demonstrar que seus conhecimentos e experiências poderão ser úteis.
Uma vez que você entenda as necessidades da empresa, seja bastante objetivo na descrição de experiências semelhantes, exponha os resultados obtidos e, caso não tenha a experiência necessária, demonstre vontade para aprender.

Pergunte sobre as pretensões em relação ao candidato que ocupará a vaga, se há novos projetos e quais são. A entrevista é uma via de mão dupla e não um interrogatório.

Você deve ser agente ativo nessa situação. Demonstre segurança em suas respostas e vontade de contribuir com os negócios da empresa.

SIGA NA REDE:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *