Postado por Adriana Gomes em 24 de fevereiro de 2017 | Carreira Executiva / Entrevista de Trabalho / Mercado de Trabalho

Gostei da vaga, mas o salário…. humm!

Você está procurando emprego e se depara com uma vaga que é a sua cara, tem tudo a ver com você, mas quando olha o salário, não é o que você esperava.


Entrevista para Rádio Bandeirantes –  Empregos interessantes com salários baixos

 

 

Gostei da vaga, mas o salário…. humm!

Isso tem acontecido com mais frequência, até porque muitos segmentos de mercado estão se adequando internamente, quanto ao número de funcionários e financeiramente para superar os últimos anos de recessão.

O que tenho percebido é que as empresas estão contratando profissionais com redução de até 30% em relação à mesma posição e aos anos anteriores.

Antes de declinar a oferta, sugiro que vale a pena avaliar, além do salário propriamente dito, quais são os benefícios:

  • bônus
  • previdência privada
  • estacionamento
  • seguro saúde
  • vale alimentação
  • desconto farmácia

Leve em consideração também as perspectivas de investimentos no desenvolvimento do colaborador e tempo de  deslocamento até o local de trabalho. São ganhos indiretos que você pode não perceber, mas que a falta deles oneram bastante a vida diária.

É preciso analisar o ganho como um todo afinal, existe um dado importante que é o fato de que muitas empresas estão conseguindo manter a produtividade com um número menor de colaboradores, o que pressupõem que está havendo maior produtividade com menos gente.

Se por um lado é bom, por outro, as exigências para as novas contratações também estão aumentando. Assim, mesmo que possa parecer, num primeiro momento,  que você está dando um passo atrás, isso pode revelar que, se você for selecionado e aprovado, que sua empregabilidade está em alta num mercado que ainda está contratando pouco.

Avaliar as perspectivas de crescimento, oportunidades de investimento no desenvolvimento, também contam muito, pois treinar custa caro e melhorar suas competências o tornam mais atraentes para prospectar novas oportunidades no futuro.

Não existe uma regra que eu possa dizer para aceitar ou não aceitar uma oferta de salário, pois cada pessoa deve conseguir analisar e identificar quais são suas necessidades, mas também ter consciência sobre seu valor em relação à concorrência e em relação às exigências do mercado.

Para isso, é bom, sempre estar analisando o que o mercado está solicitando em termos de qualificações, competências e experiência e buscar se atualizar para tornar seu perfil desejável para seu futuro empregador.  Leia o artigo Currículo, quem é você? e acompanhe as pesquisas salariais, pois elas podem dar um parâmetro mais realista sobre a média de remuneração para diversos cargos nos mais diferentes segmentos de mercado, pois esse fator varia muito também!


Lista de empresas que disponibilizam pesquisa salarial:

Robert Halfhttps://www.roberthalf.com.br/downloads/guia-salarial

Piso Salarialhttp://www.pisosalarial.com.br/salarios/tabela-salarial/

Salário BR:    http://www.salariobr.com.br/

Meu salário:  http://meusalario.uol.com.br/main

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *