Brasileiros estão preocupados com seu nível de empregabilidade

Randstad WorkMonitor Q3/2017 analisou comportamento da população mundial em relação às habilidades e competências na área profissional

 

Com a competitividade do mercado de trabalho cada vez mais acirrada, a preocupação dos profissionais com as suas habilidades e competências consideradas essenciais para aumentar o nível de empregabilidade começam a aumentar. De acordo com a pesquisa Randstad WorkMonitor, 98% dos brasileiros acreditam que atualizar frequentemente suas habilidades, seja com uma especialização ou um novo curso, ampliam as oportunidades no mercado de trabalho.

 

Quando questionados se estão aplicando todo o seu conhecimento no emprego atual, apenas 68% dos brasileiros dizem que sim, a média mundial gira em torno de 74%. No entanto, 94% da população afirma que permanece alinhada com os desenvolvimentos em seu campo de atuação.

 

Apesar de muitos profissionais acreditarem que as empresas deveriam auxiliar no aperfeiçoamento da equipe, arcando ou auxiliando com os custos de cursos e especializações, a pesquisa aponta que 97% dos brasileiros acreditam que, manter suas habilidades e competências atualizadas, são de sua própria responsabilidade.

 

Sobre Randstad WorkMonitor – A pesquisa Randstad WorkMonitor foi lançada na Holanda em 2003, com a Alemanha na sequência e, agora, cobre 33 países ao redor do mundo. O último país a fazer parte da gama de pesquisa foi Portugal, que passou a integrar o grupo em 2004. O estudo engloba Europa, Ásia Pacífica e as Américas. A Randstad WorkMonitor é publicada 4 vezes por ano, gerando tendências globais e locais na análise de mobilidade ao longo do tempo.

 

O WorkMonitor Mobility Index (Índice de mobilidade WorkMonitor, em tradução livre), que mapeia confiança do colaborador e entende a tendência de um profissional trocar de emprego nos seis meses seguintes, proporciona compreensão dos sentimentos e tendências no mercado de trabalho. Além da mobilidade, a pesquisa endereça satisfação do colaborador e motivação pessoal em torno destas questões.

 

O estudo foi conduzido por plataforma online com profissionais de 18 a 65 anos, trabalhando um mínimo de 24 horas por semana em um trabalho formal (não empreendedor). A amostra simples é de 400 entrevistas por país.

 

Sobre a Randstad

 

O Grupo Randstad é um dos líderes globais especializado em soluções de recursos humanos e trabalho flexível. A companhia atua apoiando pessoas e organizações para que elas realizem seus verdadeiros potenciais. As soluções e serviços incluem recrutamento e seleção, gestão de pessoas temporário e regular, e serviços de RH como recrutamento em processos de outsourcing, programas de gestão de serviços e outplacement. A Randstad está entre as três maiores companhias na Argentina, Bélgica e Luxemburgo, Canadá, Chile, França, Alemanha, Grécia, Índia, Itália, México, Holanda, Polônia, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos e ocupa a primeira posição na Austrália e Japão. Em 2016, a Randstad tinha mais de 36 mil colaboradores, 4,7 mil agências e escritórios em 39 países, fechando o ano com receita de € 20,7 bilhões. Com sede em Diemen, na Holanda, a companhia foi fundada em 1960 e está listada em NYSE Euronext Amsterdam. Para mais informações, consulte o site https://www.randstad.com/

 

 

Approach Comunicação – (11) 3846–5787
Larissa Olim – larissa.olim@approach.com.br – ramal 70 – (11) 9928-6028
Karina Dorlitz – karina.dorlitz@approach.com.br – ramal 16 – (11) 98913-6623
Cintia Beck – cintia.beck@approach.com.br – ramal 43 – (11) 96329-3499

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *