Postado por Adriana Gomes em 16 de março de 2017 | Carreira Executiva / Desenvolvimento de Competências

Atitudes que podem comprometer sua carreira

 

Não dá para generalizar, entretanto, alguns comportamentos  podem impulsionar as demissões.


Citarei alguns exemplos para ajudar nossos ouvintes a se manterem no emprego e serem desejados pelas organizações.

Os bons comportamentos e as boas atitudes são capitais individuais muito valorizados e diferenciados.

CHEGAR ATRASADO:  pode demostrar falta de comprometimento e interesse. Claro que existem  imprevistos e, se você se chegar tarde ao trabalho algumas vezes, isso não será um empecilho no seu caminho, mas quando se torna rotina, é bem negativo.

DICA! Sempre  que houver qualquer motivo para atraso, ou alguma eventualidade, informe o seu chefe. O que incomoda, mais do que a falta, propriamente dita , é sua falta de comprometimento e de consideração.]

RELACIONAMENTO RUIM COM OS COLEGAS: Saber trabalhar em equipe é uma das competências altamente desejadas pelas empresas.  Pessoas que se relacionam bem tornam o ambiente de trabalho mais agradável e produtivo, assim pessoas flexíveis, dispostas a ajudar e colaborar são sempre muito bem avaliadas. Já o contrário, pessoas que fazem intrigas, são pouco colaborativas, fazem fofoca e não se relacionam bem, são um grande problema para os gestores e se precisar selecionar alguém para demitir, são as primeiras a serem lembradas.

FALTA DE MOTIVAÇÃO E BAIXA QUALIDADE NAS ENTREGAS: É muito comum a queda de rendimento de alguns colaboradores quando já não estão satisfeitos com a relação na empresa. A falta de motivação e interesse impacta diretamente na qualidade de entrega do serviço. Os gestores percebem a falta de interesse  e essas atitudes impactam na avaliação e no resultado que as empresas esperam.  Essas atitudes também impactam o restante da equipe. E podem levar à demissão. Sem contar que não é uma atitude madura para lidar com a insatisfação e com as frustrações.

COMETER SEMPRE OS MESMOS ERROS: Errar faz parte do processo de aprendizado, entretanto errar sempre na mesma tarefa é sinal de falta de atenção e de dedicação, falta de empenho. Nada pior do que alguém que não consiga aprender com seus erros.

DICA! Busque informações, apoio, orientação para fazer melhor e surpreender e surpreender positivamente  seus superiores.

FALTA DE AUTOGESTÃO/ ESTAGNAÇÃO:  Nunca se falou tanto em protagonismo, quanto hoje. E o que isso quer dizer? Que a pessoa precisa ser autora da sua vida, fazer escolhas e investir no que faz sentido para ela. Isso inclui a busca constante por desenvolvimento e aprimoramento.

DICA! Desenvolver novas competências é imprescindível para se destacar.  Dominar as novas linguagens tecnológicas e idiomas, por exemplo, ajuda a carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *