Postado por Adriana Gomes em 27 de setembro de 2018 | Carreira e Educação / Desenvolvimento de Competências

Escolha profissional. Dicas e desafios

Adriana Gomes

Insegurança é uma das consequências da descontextualização da universidade com o mercado de trabalho



Escolher o que cursar na universidade não é uma decisão fácil, principalmente porque é feita enquanto ainda se tem pouca idade. Esta é somente a primeira importante decisão a se fazer quando se trata de vida profissional. Isso também acontece quando os jovens estão perto de concluir o curso de graduação, pois dentro de uma única área são várias as possibilidades de trajetória a se percorrer.

Grande parte dessa dúvida é consequência da falta de contato das universidades com a realidade do mercado de trabalho. Em geral, as instituições de ensino tendem a passar conteúdo teórico de qualidade, mas o estudante não consegue fazer a conexão de como realizar isso na prática, dentro do mercado de trabalho.

O mesmo cenário continua quando esses jovens vão para os cursos de pós-graduação, muitos já insatisfeitos com a primeira escolha profissional, por falta de identificação e coerência entre o que é ensinado na sala de aula e o que é demandado no trabalho, buscam na pós uma alterativa para mudar de carreira.

A falta de conhecimento do mercado e de si próprio ainda é grande. Mesmo entre os alunos de pós-graduação, efeito cascata que desemboca no mercado de trabalho e nas instituições de ensino superior.

Dentro das organizações os planos de carreira nem sempre são perceptíveis e muitas empresas resistem na revisão dos modelos de gestão transformando o ambiente de trabalho engessado e com pouco espaço para inovação.

Somado a isso ainda, em um levantamento realizado com 40 presidentes para o Fórum CEO Brasil aponta dificuldade para formar lideranças (57%) e baixa preocupação com inovação (35%) dentro das organizações no país. Entre as maiores inseguranças apresentadas pelos CEOs está o modelo de gestão adotado pelas empresas para o atual momento do mercado. De acordo com o estudo, 51% dos respondentes acreditam que “faltam alguns ajustes” para suas organizações, enquanto 49% afirmam que “faltam muitos”.

Papel da inovação

Surpreendentemente apenas 40% dos CEOs confirmam a necessidade de acelerar a transformação digital, enquanto 35% acreditam que seu modelo de negócio será um híbrido entre mercado físico e digital. Esse descompasso entre as expectativas dos jovens de atuarem em ambientes mais inovadores, com gestão mais flexível e lideranças capazes, vais se mostrando frágil e frustrante. Desafios para os gestores.
Pensando que já está chegando a época dos vestibulares e das escolhas por cursos e profissões, todas as informações e apoio podem ser úteis

Confira uma lista de sugestões para ajudar nesta decisão:

Que Curso:
um portal que ajuda os estudantes em fase pré-vestibula no processo de reflexão antes de fazer a primeira escolha profissional! Oferecem ótima avaliação online. Excelente trabalho do Rodrigo Wazlawig e toda equipe.

E-books
O e-book Decisão de Carreira, desenvolvido pela Fundação Estudar, traz o que o futuro reserva para o Brasil e como os millennials vão transformar o mercado de trabalho. Foram entrevistados especialistas em recrutamento e analistas para entender melhor quais são as perspectivas para as áreas específicas, abordadas nesta publicação.

TEDs
Esta também é uma excelente opção de se obter conteúdo de qualidade, conhecer pessoas do mercado e se inspirar em grandes líderes que contam boas histórias. É possível encontrar TEDs sobre diversos assuntos, que vão desde criatividade com a Elizabeth Gilbert em Como alimentar a Criatividade, passando por Como ser um líder inspirador com Simon Sinek e chegando a Como ser mais produtivo com Jason Fried.

LinkedIn
Para saber sobre profissões, o LinkedIn é a rede social. Os principais líderes de todas as áreas possuem perfis repleto de informações que servem para inspirar, esclarecer e discutir sobre os acontecimento e evoluções do mercado de trabalho. No LinkedIn, também é possível entrar em contato com esses líderes. Mande suas principais perguntas, mas com a cautela de não ser invasivo.

Fontes : Que Curso, Fundação Estudar e Experience Club

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *