Postado por Adriana Gomes em 22 de outubro de 2012 | Artigos

Profissões do futuro

Antes de fazer escolhas com olhos no futuro, jovem deve refletir sobre aquilo que faz sentido no presente

Esta é a época do ano em que a mídia costuma vibrar com o tema profissões do futuro. Essa pauta é tão antiga quanto o mercado de trabalho, pois todos querem acertar na escolha profissional.

A sedução pelos salários oferecidos acaba enchendo os olhos dos desavisados estudantes de ensino médio, ansiosos por escolhas que garantam resultados instantâneos.

Antes de fazer uma escolha com os olhos no futuro, os jovens devem ter em conta aquilo que faz sentido para eles no presente. Refletir sobre características pessoais, sonhos e objetivos ajuda nessa fase de autocobrança e de altas expectativas de pais e familiares.

Quais aspectos devem ser considerados? Minhas sugestões são:

Além de achar “legal”, deve-se conhecer mais a fundo o que faz um profissional em determinada profissão.

Não confie apenas nas informações oferecidas pela mídia. Converse com pessoas que exerçam essa atividade, conheçam a rotina, o ambiente de trabalho e as principais características do dia a dia.

Descubra se o trabalho é desenvolvido dentro de uma empresa ou fora da organização.

Faça estágios durante a formação. A experiência ajuda a identificar se a escolha está coerente com a expectativa.

Profissões novas nem sempre possuem cursos de graduações reconhecidos.

Um profissional leva ao menos dez anos para estar bem formado. Estudar será processo contínuo.

ADRIANA GOMES é coordenadora do Núcleo de Estudos e Negócios em Desenvolvimento de Pessoas da ESPM. Escreve quinzenalmente, aos domingos, neste espaço

 

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/carreiraseempregos/71877-profissoes-do-futuro.shtml

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *